Gestão metropolitana no Brasil: desafios e potencialidades para as Sustentabilidades
27 de October de 2020
As regiões metropolitanas são constituídas por agrupamentos de municípios limítrofes, onde se busca integrar a organização, planejamento e a execução de funções públicas de interesse comum. Essas regiões compreendem as maiores cidades, aglomerações populacionais, recursos e instituições de um país, desempenhando significativa influência em diversas esferas sociais. Compreender a gestão metropolitana no Brasil é fundamental par identificar as estratégias dos agentes econômicos e políticos que desenham o cenário de desafios e perspectivas para alcançar a sustentabilidade.
Nesse Seminário CSRio, o pós doutor em Geografia Política e ensino de Ciências Sociais pela Universidad Autónoma de Madrid (UAM) e vice decano do Centro de Ciências Sociais da PUC-Rio, Augusto Cesar Pinheiro, irá apresentar e discutir os desafios e potencialidades da Gestão metropolitana no Brasil para as Sustentabilidades (pluralidade atribuída aos diversos tipos de sustentabilidade).
A apresentação acontecerá no dia 29 de outubro de 2020 (quinta-feira), de 17h00 às 19h00, por meio de videoconferência através deste LINK.
ID da reunião: 912 0942 8807 | Senha de acesso: 406247
Sobre o palestrante:
Augusto Cesar Pinheiro da Silva cursou graduação (1990), mestrado (1996) e doutorado (2005) em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Realizou o pós-doutorado em Geografia Política e Ensino de Ciências Sociais na Universidad Autónoma de Madrid (UAM) entre 2009 e 2010. Professor de Geografia pela UFRJ, é bolsista Produtividade do CNPq (PQ). É Professor Adjunto I do quadro permanente da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) desde 2002, ocupando cargos diversos de gestão departamental e acadêmica. É Vice-Decano de Graduação desde 2015 e de Pós-Graduação desde 2017, do Centro de Ciências Sociais (CCS) da PUC-Rio. Ainda é Professor Adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Foi bolsista Jovem Cientista do Nosso Estado (FAPERJ 2013-2016). Tem experiência nos estudos geográficos nas áreas de Gestão do Território, Governança coopertativa e coparticipativa, Geografia Política e Regional (Mundo e Rio de Janeiro), Políticas Públicas Setoriais e Educação Geográfica, atuando, principalmente, nos seguintes temas: gestão territorial no estado do Rio de Janeiro, arquiteturas políticas de governanças cooperativas, ensino de Geografia, Políticas públicas setoriais no Rio de Janeiro e Desenvolvimento regional e temas contemporâneos de Geografia Regional e Humana. É Coordenador do Projeto CAPES-Print (2018-2023) ‘Redes Interinstitucionais dos Mundos Ibérico e Iberoamericano’, do grupo de investigação Dinâmicas Sociais do Centro de Ciências Sociais da PUC-Rio; É Responsável pela Rede Brasil-Hungria de conexões interinstitucionais PUC-Rio-Pécs-Szeged; Membro da FIEALC Internacional; É líder do grupo de pesquisa GeTERJ (Gestão Territorial no Estado do Rio de Janeiro), pesquisador dos grupos ‘Pesquisa em Educação Geográfica’ (GPEG/UERJ), ‘Rede de Geografia Política, Geopolítica e Gestão do Território’ (pool entre 15 IES brasileiras) e do de ‘Investigaciones Geopolítica y Educativas’, da Universidad Autónoma de Madrid (UAM), orientando pós-doutorandos brasileiros e estrangeiros, e alunos de IC, mestrandos e doutorandos diversos. É Coordenador setorial do PIBIC- CCS PUC-Rio e avaliador institucional e de cursos de graduação do INEP/MEC e elaborador / avaliador de itens do ENEM, ENADE e ENCCEJA.
Os encontros são abertos ao público, e o debate seguido da apresentação será conduzido de forma aberta e participativa. Não é necessária inscrição prévia. Informações: contato@csrio.org
< Anterior Próximo >
Voltar para Notícias